• daquiloquesecome

Piquenique.




Vamos dar vivas ao mês de julho, conhecido e reconhecido no Pará, pelo mês das férias, de muita diversão. É um mês ideal para piqueniques regados a muitas gostosuras, jogos e brincadeiras ao ar livre. E férias combina com diversão e muitos petits fours, não é verdade? A palavra piquenique é originária do francês, no século XVIII, depois a para ganha a versão em inglês picnic. (1)A tela do pintor francês James Tissot, retrata um grupo de pessoas em um picnic em torno do lago do jardim do pintor em pleno outono. É uma das cenas mais realistas que conheço de um Piquenique, temos a leve impressão que estamos lá, nos jardins dos fundos do pintor. Inicialmente denominda de Holyday, a tela passou a ser chamada também de The Picnic, pintada 1876, no centro de toda cena temos a toalha do piquenique e as comidinhas, um bolo inglês? Chá, café? Frutas e pães.

Machado de Assis dizia que: "O piquenique é a tríplice fusão das algibeiras, dos estômagos e dos corações." O piquenique foi imortalizado em muitas cenas literárias e filmes de época também. O piquenique é uma das ocasiões que envolvem tão bem a sociabilidade em torno da cozinha, das comidas e das conversas. Agrada crianças, adultos, animais...geralmente ao ar livre é um lazer super saudável e gostoso. No século XVIII, a ideia do piquenique era que cada um levasse uma comidinha ou bebida, haviam jogos e muita diversão ao ar livre. Era também local das trocas de olhares entre os apaixonados. A escritora inglesa Jane Austen retrata vários piqueniques em seus livros. Ela própria adorava um bom piquenique! 🫖

.

.

.

💬✍🏽E você? Gosta de fazer piquenique?

Eu adoro um piquenique.

.

.

.

📚✍🏽 Referências.

🎨Holyday. James Tissot, 1876. Óleo sobre telaDimensões76,2 cm × 99,4 cm (30,0 pol. × 39,1 pol.)LocalizaçãoTate Gallery , Londres.

(1) http://www.dicionarioetimologico.com.br







0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo