• daquiloquesecome

Menus e o Titanic.

Vocês lembram que no filme Titanic o comandante e passageiros sempre estavam atentos ao número de milhas percorridos por dia? Não poderíamos falar de transatlânticos sem falar do Titanic não é verdade? A preocupação com as milhas não era apenas fictícia, na verdade era muito comum a época, os transatlânticos buscam na velocidade atrair mais passageiros.





Corbin nos aponta que desde meados do século XIX, "A bordo, os passageiros fazem uma rápida aprendizagem das velocidades. Todos os dias são feitas apostas sobre o número de milhas percorridas desde a véspera." (1) Em parte "pela impaciência dos passageiros cansados de mar poucas horas após a partida." Era necessário que os transatlânticos fossem rápidos e acima de tudo tivessem regularidade entre saídas e chegadas. Ou seja, hora exata para sair e chegar. Por isso também, era necessário ocupar as horas vagas dos passageiros com diversas atividades e refeições coletivas que pudessem "movimentar a vida das pessoas". Aliás, o cotidiano das refeições nos navios eram cuidadosamente pensados e rigidamente mantidos. Em fins do século XIX, nos barcos da Penínsular and Oriental, as refeições eram assim servidas: "às seis horas da manhã um chá e torradas, às oito horas o passageiro recebe a proposta do Bacon acompanhado de um segundo chá ou de clarete gelado. Ao meio-dia trazem o célebre tiffin: é um composto de torradas, carnes frias e fruta, tudo regado a vinho e sherry. O jantar é servido às quatro horas. A todas as refeições os passageiros podem consumir à descrição o tradicional Rice and curry. Às sete horas é proposta uma última chávena de chá". (2) E as refeições no mais conhecido transatlântico do mundo? O Titanic? Vamos dar uma olhada no cardápio da primeira, segunda e terceira classe do Titanic no dia fatídico da tragédia. Os cardápios eram diferentes para cada classe, "Na primeira classe, os passageiros podiam escolher entre diversos tipos de queijos, maionese de salmão, camarões, anchovas norueguesas, sardinhas defumadas, rosbife, torta de presunto e vitela. Havia ainda salsicha bolonhesa, ovos Argenteuil, consomê fermier, frango à la Maryland, salada de ave e chuletas de cerdo, entre outras opções." (3) Já entre as opções da segunda classe havia: "No café da manhã tinha frutas, peixe fresco, bacon, salsicha grelhada, batata amassada, presunto, ovos fritos, bolos, marmelada, chá, café, cereais e pão. Já o cardápio das refeições era composto por tapioca, hadoque cozido, frango ao curry, arroz, cordeiro ao molho de menta, peru, ervilhas e batatas. A sobremesa disponível era pudim, sorvete, frutas, queijos, biscoitos, geleia e café." (4) Os passageiros da terceira classe, contavam com para o café:mingau de aveia com leite, arengue defumado, presunto, ovos, batatas, pão fresco com. Ma teiga, café e chá. No almoço é jantar era composto por "sopa de arroz, pães, biscoitos, rosbife, milho, batatas cozidas, pudim e frutas. Pães, queijo e biscoitos também ficavam disponíveis". (5) Perceberam a tapioca sendo servida?

.

.

.

💬Eu sinceramente acho que as comidas eram excelente em todas as classes. E se não fosse toda a tragédia, os passageiros passariam muito bem. Essa matéria tem muito do diálogo e sugestões de @silvialopes, obrigada!!!!

.

.

.

📚✍🏽 Referências.

📸 TitanicImagem: Acervo/Divulgação.

📸 Parte das imagens disponibilizadospor Marina Amaral. (@marinamaral2)

🔖 Qualquer óbice em relação a imagem por favor nos avisar.

(1)(2) Corbin,Alain. História dos Tempos Livres. O advento do lazer. Trad. Telma Costa. Ed. Teorema, Portugal, 2001.p.20, 68, 78, 80. (3) (4)(5) Matéria veiculada por

https://www.uol.com.br/nossa/cozinha/noticias/redacao/2017/04/27/veja-o-que-comiam-os-passageiros-da-1-2-e-3-classe-do-titanic.amp.htm acessado em 25 de junho de 2021.









0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo