• daquiloquesecome

Manteiga e Queijo.



Quase impossível pensar no leite sem deixar de falar de dois alimentos que são derivados do leite e que ao longo da História da Humanidade sempre tiveram papel de destaque na alimentação e hábitos alimentares: a manteiga e o queijo. Você sabia que queijo e leite já aparecem no Antigo Testamento? Segundo nos aponta Antônia Giammellaro, "Há um texto de Ugarit que trata da produção de queijo e, graças ao Antigo Testamento, que cita várias passagens a manteiga e o leite, sabemos que esses alimentos também eram consumidos na Fenícia". (1) Gregos e romanos tínham o queijo sempre presente em sua alimentação, Ariovaldo Franco, pontua que "O queijo, alimento frequente no campo, era consumido na cidade mormente no despejam e na refeição do meio-dia.O hábito de comer queijo de leite de vaca só se generalizou no final da República (27 a.C). Anteriormente, o mais comum era o leite de ovelha. Catão, no século II a.C., só se refere a este. Mas fazia-se também queijo de leite de cabra e outros mais raros, como os de leite de jumenta e de égua. Já se conhecia a manteiga, porém não era utilizada nas preparações culinárias". (2) A Idade Média, permite um uso largo de manteiga, essa foi um das gorduras mais utilizadas na Europa, tanto que tornar-se comum a referência a "Europa Mantegueira". Massimo Montanari nos fala que até os séculos VIII e IX, "O queijo é quase sempre feito com leite de ovelha ou de cabra, embora algumas regiões- os vales alpinos, por exemplo- produzam quantidades consideráveis de queijo com leite de vaca. A produção de queijo é a maneira mais comum de conservar o leite ". (3) Assim, queijo e manteiga tornam-se os dois principais e maus consumidos derivados do leite. E sobre eles ainda falaremos mais...

.

.

.

💬 E você qual prefere queijo, manteiga ou não vive sem os dois? 🥛➡️🧈🧀

.

.

.

📚✍🏽 Referências.

📸 Queijo e manteiga, imagem Canva.

(1) Os Fenícios e os Cartagineses. A tonelada Spanõ Giammellaro. In:FLANDRIN, Jean-Louis; MONTANARI, Massimo. História da Alimentação. São Paulo: Estação Liberdade, 1998, p.98.

(2) Franco, Ariovaldo. De caçador a gourmet:uma história da gastronomia.4 ed. Revista. SãoPaulo: Editora Senac São Paulo, 2006. p. 51.(3) Massimo Montanari. Estruturas de produção e sistemas alimentares. p. 286.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo