• daquiloquesecome

Arroz Negro.



Nós estamos habituados a falar de arroz numa perspectiva de Ásia e Europa. Mas, você sabia que povos africanos são grandes cultivadores de arroz? E que a domesticação e o desenvolvimento de técnicas são ancestrais?
Precisamos falar do protagonismo de povos africanos no cultivo do arroz, como nos aponta Judith A. Carney, o "arroz negro" e uma História muito importante e que precisa ser falada.

Nesse sentido, o trabalho de Judith A. Carney é realmente único e maravilhoso. Assim, "A interpretação comum da história do arroz nas Américas atribui aos europeus a adaptação engenhosa de uma planta de origem asiática às condições do Novo Mundo. Este modo de ver não considera o papel dos africanos no estabelecimento, sob a escravatura, do seu alimento básico preferido". (1) E assim, "Os sistemas alimentares africanos, que são a base da civilização, também foram ignorados".(2) Os povos da África Ocidental não apenas domesticaram e cultivavam o arroz de forma milenar, eram profundos conhecedores de técnicas de plantio e cultivo e da organização do trabalho em torno do arroz. O arroz era parte de sua identidade cultural. Mas, qual tipo de arroz era? Segundo nos aponta Carney: "(...) existe outra espécie de arroz que tem sua história menos conhecida. Essa espécie é de origem africana. Nessa imagem da África Ocidental, é possível ver as duas espécies de arroz. Em primeiro plano, há uma mulher senegalesa segurando o arroz africano (Oryza glaberrima), que pode ser

distinguido por seus grãos vermelhos (...) Já no plano de fundo, vemos o arroz asiático (Oryza sativa)". (3) Nós precisamos falar mais sobre esse protagonismo que infelizmente se mantém nas margens, especialmente, no que diz respeito à sala de aula e o ensino de História.

.

.

.

💬 E você sabia desse protagonismo do arroz africano? Então, fica por aqui pra saber mais...

.

.

.

✍🏽📚 Referências.

📸 "Duas mulheres produtoras de arroz em Casamance, Senegal, com Oryza

glaberrima (direita) e Oryza sativa (esquerda)". Foto: Judith A. Carney 1987. In: Arroz Africano na História do Novo Mundo. Fronteiras Journal of Social Technological and Environmental Science 6(2):182, Authors:Judith Carney.

September 2017. DOI:10.21664/2238-8869.2017v6i2.p182-197 🔖Qualquer óbice em relação a imagem por favor nos avisar. Uso educacional.

(1)(2)Carney, Judith A. Arroz Negro: As origens africanas do cultivo do arroz nas Américas. Trad. José Filipe Fonseca com a colaboração de Gaston Fonseca, Ernesto Fonseca e Nivaldina Fonseca. Instituto da Biodiversidade e das áreas protegidas. Bissau, Guiné-Bissau. 2001, p. 26; 30.

(3)Arroz Africano na História do Novo Mundo. Fronteiras Journal of Social Technological and Environmental Science 6(2):182, Authors:Judith Carney.

September 2017, p. 183.








1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo