• daquiloquesecome

Tampopo, filme e lámen.




A indicação de filme de hoje é o clássico cult Tampopo: Os Brutos Também Comem Spaghetti, filme japonês, uma comédia romântica, de Jûzô Itami, de 1985. Sempre que vejo as cenas do filme tão repletas de comidinhas eu fico com vontade de lámen. Eu acho que o lámen é aquela comida que "literalmente se come com os olhos", não é verdade!? Bem, sobre o filme Maisa Kawata, analisa que: "Fazendo uma ode à comida e aos prazeres que a acompanham, Tampopo tem como história principal a busca de uma dona de um restaurante (Tampopo) pelo lámen perfeito. A ela se juntam pessoas que, ao redor da comida, percorrem diversos lamen-ya (restaurante especializado em lámen), provam e testam receitas até alcançar o grande objetivo: o macarrão que, de tão saboroso, é sorvido até a última gota".(1)



A cena compartilhada aqui mostra um mestre ensinando ao seu discípulo como comer um Ramen e para isso se evoca vários sentidos. Assim, segundo  as palavras de Maisa Kawata transcritas literalmente do texto temos a "fala do mestre": "Primeiro observe a tigela inteira. Aprecie a harmonia do conjunto do lámen. Aspire e sinta o aroma. Joias de gordura brilhante resplandecendo na superfície. Raízes brilhantes de shinachiku [bambu], algas afundando lentamente, as cebolinhas flutuando… Concentre-se nas três fatias de porco, elas desempenham o papel principal, mas permanecem modestamente ocultas...".(2)



A referida cena tem uma função basilar no conceito do filme e como o diretor Jûzô Itami reforça seu objetivo principal: "(...)a comida é mostrada em todo seu significado e sua sensualidade. É pelo alimento que se dá o cuidado e o carinho para com o outro, é possível entender a importância de observar o que se está comendo, sentir as texturas com as mãos e a boca, e se entregar ao prazer de comer". (3) E o lámen? Segundo Leandro Vilar: "No Japão há vários tipos de macarrão, mas todos seguem o modelo de fios, variando sua espessura, densidade e formas de preparo". (4)



Assim, "O lámen é feito de macarrão do tipo lámen de fios mais finos e cacheados, ou macarrão do tipo sobá. O lámen é preparado com caldo de frango, de porco ou bovino, algumas receitas usam caldo de camarão ou de peixe. O prato é acompanhado de pedaços de carne, legumes, ovos, brotos de bambu, algas, cogumelos etc. Tais acompanhamentos variam de acordo com a receita e a localidade, onde se tem preferência para determinados sabores e ingredientes". (5) Eu sinceramente adoro olhar uma tigela de lámen, para somente depois com calma comer. É uma das maravilhas que a gastronomia nos permite. Aliás,  como você come seu lámen é um ritual muito de cada um.

.

.

.

💬 E você como gosta do seu lámen?

.

.

.

📚✍🏽 Referências.

📽 Dirigido porJuzo Itami. Roteiro deJuzo Itami. Produzido por Juzo Itami, Yasushi Tamaoki, Seigo Hosogoe. Cinematografia: Masaki Tamura. Editado por Akira Suzuki. Música por Kunihiko Murai. Produção: Itami Productions, Produtores do Novo Século. Distribuído por Toho. Data de lançamento: 23 de novembro de 1985 (Japão). 🎬 Qualquer óbice em relação ao vídeo por favor nos avisar.

(1)(2)(3)Maisa Kawata, Os brutos também comem espaguete. Tampopo: Os Brutos Também Comem Spaghetti”(Japão, 1985), de Juzo Itami. In: filmescults, 22 de Mai de 2020.https://www.google.com/amp/s/www.filmescults.com.br/amp/tampopo-os-brutos-tamb%25C3%25A9m-comem-

(4)(5)Leandro Vilar, Seguindo os Passos da História. 21 de junho de 2021. .

https://seguindopassoshistoria.blogspot.com/2020/06/uma-historia-do-macarrao.html?m=1















































1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo