• daquiloquesecome

Arubé.

Vamos de Glossário Paraense? Hoje vamos falar um pouquinho do Arubé.

Segundo Vicente Chermont, o arubé era feito com massa de mandioca mole com pimenta e alho.(1) Seu uso está atrelado ainda ao consumo dos derivados da mandioca.

Essa relação de usos e formas eu discuto em minha tese de doutorado. "O uso da farinha e dos seus derivados, como já evidenciamos, é verdade que ocorreu em todo o território nacional, mas, em alguns lugares, como a Amazônia, esse uso se manteve em grau de importância e cotidianidade ao que era consumido nos séculos anteriores. Da mesma forma que a existência de receitas espalhadas ao longo do Brasil que utilizam os derivados da mandioca, como nos informa Serna, é a confirmação de que a mandioca foi de ampla utilidade". (2)



Mário Monteiro, nos esclarece ainda que o "Arubé (conduto) Espécie de creme (assim chamado) feito do sumo da mandioca exposta ao sol (isto se chama arumé), engrossado com a fécula e temperado com tucupi. Resulta depois de pronto uma pasta cremosa, espêssa, não endurecida, maleável, que pode ser conservada em garrafa fechada para uso imediato. Come-se com peixe, bem temperado com pimenta". (3)

.

.

.

💬✍🏽E você conhece o arubé? Já provou?

.

.

.

✍🏽📚 Referências.

(1) MIRANDA, Miranda, Vicente Chermont de. Glossário Paraense [ Coleção de Vocábulos Peculiares à Amazônia e Especialmente à Ilha do Marajó]. Universidade Federal do Pará, 1968. p. 5.

(2) Macêdo, Sidiana da Consolação Ferreira de. A Cozinha Mestiça uma história da alimentação em Belém. (Fins do século XIX e início do século XX). PPGHIST. UFPA, 2016. p. 214.

(3) Monteiro, MárioYpiranga. Alimentos preparados à base da mandioca. Revista Brasileira de Folclore. Ano III, n° 5, Janeiro/Abril 1963. p. 56.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo